Google+ Seguidores

sábado, 7 de setembro de 2013

As vezes fica tudo tão estranho, nada mais faz tanto sentido como fazia antes.
Tento em meio meus pensamentos procurar a peça que falta.
Mas parece que meu quebra-cabeça não foi feito pra ser montado.
Como amar sem ser amado(a)?
Como ser sincero sem ser retribuído(a)?
Como viver se não existe mais esperanças?
Exatamente nesse momento que vem alguns pensamentos, ou simples imaginação.
Pra que sofrer, chorar, se decepcionar?
Quando pensar em desistir, lembre-se dos motivos que mantiveram você de pé até o momento.
Quem sabe passa, e você comece a raciocinar, imaginar, sonhar, viver... encher seu coração de novo de esperança.
E quem sabe algum dia passar por tudo isso outra vez?

São inimagináveis as decisões do futuro, da vida.
Se existir por aí alguma alma que realmente mereça suas lágrimas, chore, expresse seus sentimentos.
Não é vergonha e nunca será ser humilde, deixar bem claro para todos ao seu redor que você não é diferente, você é correto. Ame intensamente a si mesmo. Não tenha medo de "bicho papão", tenha medo das pessoas. Elas sim, podem te magoar...

Nenhum comentário:

Postar um comentário